Click Macaé
ClickMacaé.com.br
ClickMacaé.com.br

» A Bacia de Campos

» O Cenário Offshore

» Petróleo e Gás

» Empregos

» Cursos> Fornecedores Offshore> Shopping

» Informações> História do Petróleo> A História no Brasil> A Atividade Offshore no Brasil> As Crises do Petróleo> As Plataformas da Bacia de Campos> A Bacia de Campos em Números> As Reservas da Petrobras> Lei do Petróleo> Licenciamento Ambiental> Marco Regulatório> Petrobras no mundo> Pré-sal> Sobre o Petróleo> Sobre o Gás

» Empregos> Buscar Profissionais para Minha Empresa> Buscar Vaga de Emprego na Área

» Glossário> Terminologia Naval> Terminologia Offshore> Terminologia Offshore Comercial> Glossário e Abreviações

Sampling Treinamentos Curso 24 Horas

Petróleo sobe apoiado por relatos de corte na produção de membros da Opep

6 de janeiro de 2017

Os contratos futuros de petróleo fecharam em alta na sessão de quinta-feira, 5/1, apoiados por relatos de corte na produção da commodity por países membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), como acordado no ano passado. Dados dos estoques nos Estados Unidos do Departamento de Energia (DoE) do país também influenciaram os preços do petróleo.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o contrato do WTI para fevereiro fechou em alta de 0,93%, a US$ 53,76 o barril. Na Intercontinental Exchange (ICE), o Brent para março avançou 0,76%, a US$ 56,89 por barril.

Os preços do petróleo foram impulsionados por notícias relativas a cortes na produção de países que concordaram em reduzir a oferta da commodity no ano passado. O ministro do Petróleo do Iraque, Jabar Ali al-Luaibi, afirmou que o país começou a reduzir sua produção, em linha com o decidido em acordo com os demais membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

A Arábia Saudita também teria "implementado totalmente" o acordo de corte, segundo uma fonte ligada à produção da commodity no país. Os sauditas teriam reduzido sua oferta em pelo menos 486 mil barris por dia até agora neste mês, de acordo com a fonte. O número foi o estipulado no acordo da Opep, decidido na reunião de 30 de novembro.

Além disso, a Saudi Aramco, petrolífera estatal da Arábia Saudita, anunciou hoje que irá elevar os preços do petróleo vendido para clientes do Extremo Oriente em fevereiro. Em comunicado, a empresa informou que os preços da commodity super leve subirão US$ 0,40 por barril, enquanto o do petróleo extra leve irá avançar US$ 0,45. Já o petróleo light terá alta de US$ 0,60 por barril, enquanto o pesado e médio ganharão US$ 0,50.

Dados dos estoques de petróleo dos Estados Unidos também movimentaram os preços da commodity nesta quinta-feira. Segundo o DoE, os estoques de petróleo tiveram queda de 7,051 milhões de barris na semana encerrada em 30 de dezembro, contra expectativa de queda de 2 milhões de barris. No entanto, os estoques de gasolina ganharam 8,307 milhões de barris, acima da expectativa de alta de 1,3 milhão de barris, e os estoques de destilados avançaram 10,051 milhões de barris ante previsão de alta de 500 mil barris.

Fonte: Isto É Dinheiro

Últimas Notícias
» Petróleo e Gás tem, no Click Macaé, Treinamentos de alta performance para gestão de negócios, e para o profissional
» Reestruturação da Petrobras e Conteúdo Local serão importantes para retomada do setor de óleo e gás
» Câmara aprova projeto que reduz imposto de petroleiras
» Petrobras e ExxonMobil formam Aliança Estratégica
» Opep vê mercado de petróleo equilibrado até o fim de 2018 com cortes reduzindo excesso
» Petrobras obtém registro para oferta pública de ações da Petrobras Distribuidora
» Portal de Dados Geomacaé será apresentado na próxima terça
» Petrobras tem interesse em direito de preferência para três áreas da quarta rodada
» Senado aprova MP que prevê incentivos tributários para empresas do setor de petróleo
» Empresas consideram retrocesso proposta da ANP de reduzir exigência de conteúdo local
veja mais notícias »

Fornecedores
Fornecedores - Para consultar ou anunciar, clique aqui, de R$240,00 por apenas R$99,90 ao ano, e disponibilize informações sobre seus produtos e serviços para o maior mercado de Petróleo e Gas do país: a Bacia de Campos.

Siga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no TwitterSiga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no Twitter.


Curta nossa página no Facebook

Política de Privacidade | Privacy policy | Publicidade | ContatoDesenvolvido pela SYS Computing