Click Macaé
ClickMacaé.com.br
ClickMacaé.com.br

» A Bacia de Campos

» O Cenário Offshore

» Petróleo e Gás

» Empregos

» Cursos> Fornecedores Offshore> Shopping

» Informações> História do Petróleo> A História no Brasil> A Atividade Offshore no Brasil> As Crises do Petróleo> As Plataformas da Bacia de Campos> A Bacia de Campos em Números> As Reservas da Petrobras> Lei do Petróleo> Licenciamento Ambiental> Marco Regulatório> Petrobras no mundo> Pré-sal> Sobre o Petróleo> Sobre o Gás

» Empregos> Buscar Profissionais para Minha Empresa> Buscar Vaga de Emprego na Área

» Glossário> Terminologia Naval> Terminologia Offshore> Terminologia Offshore Comercial> Glossário e Abreviações

Sampling Treinamentos Curso 24 Horas

Opep corta produção de petróleo em janeiro

15 de fevereiro de 2017

A produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) foi cortada em 890 mil barris/dia em janeiro ante dezembro, de acordo com dados secundários divulgados na segunda-feira, 13/02, pelo cartel. Assim, o corte de produção correspondeu a cerca de 90% da meta para o período firmada no acordo da Opep, de 30 de agosto.

Os dados mostram que a produção da Opep caiu para 32,139 milhões de barris/dia em janeiro, em comparação a 33,29 milhões de barris/dia em dezembro. No entanto, integrantes como Líbia e Nigéria — isentos de adesão ao acordo — elevaram as respectivas produções no mês passado.

Dessa forma, ao considerar apenas a produção dos integrantes da Opep que precisam cumprir o acordo, houve queda de 1,032 milhão de barris/dia em janeiro, de 30,945 milhões para 29,913 milhões de barris/dia.

O maior responsável para tal redução foi a Arábia Saudita, líder de fato da Opep, país cuja redução foi de 496.200 barris/dia em janeiro. Iraque, Emirados Árabes Unidos e Kuwait também promoveram cortes significativos, de 165.700, 159.300 e 141.200 barris/dia, respectivamente.

Dos demais participantes, apenas o Irã não conseguiu cortar a produção. A produção do Irã cresceu o correspondente a 50.200 barris/dia em janeiro. A Rússia, maior participante do acordo fora do cartel, cortou sua produção em 60 mil barris/dia em janeiro, para 11,03 milhões de barris/dia, de acordo com o relatório da Opep.

Os dados divulgados pela Opep estão em linha com o relatório divulgado na sexta-feira pela Agência Internacional de Energia (AIE), que mostrou cumprimento de cerca de 90% da meta estabelecida pelo cartel para os participantes. A diferença de produção entre os dois relatórios foi de apenas 17 mil barris/dia, com a AIE tendo reportado 29,93 milhões de barris/dia em janeiro.

O preço médio pago pelo petróleo da Opep, conhecido pela sigla ORB [referente a cesta de referência da Opep, em inglês], foi de US$ 52,40 por barril em janeiro, uma alta de 1,4% ante o mês anterior.

Fonte: Valor

Últimas Notícias
» Por novos contratos, ministro quer aproximar estaleiro de outras empresas
» Transpetro coloca em operação mais um navio construído em Pernambuco
» ANP realiza nesta terça, 19/09, seminário sobre incentivo a investimentos em campos maduros
» Fuja dos fraudadores do mercado de trabalho. O Click Macaé cita alguns exemplos na matéria. Confira.
» Pré-sal cria novo mapa dos royalties
» Pós-Lava Jato, a Petrobras fica cada vez mais enxuta e menos estatal
» Grupo MS promoverá em novembro palestra sobre Reforma Trabalhista, Terceirização, e E-Social, em Macaé
» Exporta Brasil e Click Macaé fazem parceria para Argentina Oil & Gas 2017 Buenos Aires
» ANP irá realizar Seminário "Incentivo a Investimentos em Campos Maduros - Alíquota de Royalties Incremental"
» Brasil deve antecipar mistura de 10% de biodiesel no diesel para 2018, diz secretário
veja mais notícias »

Fornecedores
Fornecedores - Para consultar ou anunciar, clique aqui, de R$240,00 por apenas R$99,90 ao ano, e disponibilize informações sobre seus produtos e serviços para o maior mercado de Petróleo e Gas do país: a Bacia de Campos.

Siga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no TwitterSiga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no Twitter.


Curta nossa página no Facebook

Política de Privacidade | Privacy policy | Publicidade | ContatoDesenvolvido pela SYS Computing