Click Macaé
ClickMacaé.com.br
ClickMacaé.com.br

» A Bacia de Campos

» O Cenário Offshore

» Petróleo e Gás

» Empregos

» Cursos> Fornecedores Offshore> Shopping

» Informações> História do Petróleo> A História no Brasil> A Atividade Offshore no Brasil> As Crises do Petróleo> As Plataformas da Bacia de Campos> A Bacia de Campos em Números> As Reservas da Petrobras> Lei do Petróleo> Licenciamento Ambiental> Marco Regulatório> Petrobras no mundo> Pré-sal> Sobre o Petróleo> Sobre o Gás

» Empregos> Buscar Profissionais para Minha Empresa> Buscar Vaga de Emprego na Área

» Glossário> Terminologia Naval> Terminologia Offshore> Terminologia Offshore Comercial> Glossário e Abreviações

Sampling Treinamentos Curso 24 Horas

Petroleiros da Baker participaram de trancaço na porta da empresa

15 de fevereiro de 2017

Na manhã desta quarta, 15/02, diretores do Sindipetro-NF realizaram uma mobilização nos portões da Baker/BJ localizada no Lagomar. Carros do sindicato e faixas foram posicionados na empresa por mais de duas horas. Cerca de 200 petroleiros participaram da atividade que exige a reposição da inflação do período. Essa decisão de intensificar as mobilizações na porta da empresa foi deliberada em assembleia da categoria. Segundo o diretor do Sindipetro-NF, Leonardo Ferreira, a gestão da empresa está agindo de má-fé e desrespeitando a categoria, ao insistir em não avançar na reposição da inflação de Maio de 2016 que é de 9,3%, segundo o ICV-Dieese.

Diretores do Sindipetro-NF estão negociando desde setembro de 2016 o Acordo Coletivo dos trabalhadores da Baker, já aconteceram cinco mesas de negociação e até o momento não chegaram a um consenso. Na penúltima reunião, o sindicato e a Federação Única dos Petroleiros (FUP) propuseram que a validade do Acordo passasse para  dois anos, de maio/2016 a maio/ 2018, com o intuito de ampliar as possibilidades de avanços que caminhassem para o fechamento das negociações.

"Essa estratégia iria garantir a manutenção de todas as cláusulas, aceitando o reajuste de 7,5% que a empresa oferece agora para salários e benefícios, com efeitos retroativos. Além disso, em Maio de 2017, com a previsão do ICV/Dieese girando em torno de 4,5%, a empresa se comprometia em compensar a perda da inflação dessa data que era de 1,7%" - explica Ferreira.

Os trabalhadores reagiram positivamente a essa saída oferecida pelas entidades sindicais, mas a empresa não aceitou a proposta. Em contrapartida, a Baker oferece um reajuste de 7,5%, que não repõe a perda de 2016 e limita em 5% o reajuste de Maio de 2017, podendo ainda ser menor que isso, a depender da inflação.

Fonte: Sindipetro-NF

Últimas Notícias
» Profissionais ganham seção de apoio ao emprego no Click Macaé
» Petrobras planeja reativar em 2019 plataforma onde houve explosão no ES
» Empregabilidade é principal preocupação, diz prefeito em seminário sobre petróleo
» Brasil Offshore promete oxigenar mercado de petróleo e gás em Macaé
» Concurso Pré Sal PPSA: empresa anuncia edital para este ano. Salário de até R$ 25 mil!
» Trabalhadores, empresas e o Brasil na expectativa da recuperação do petróleo
» Portal Photo On promoverá curso básico de fotografia, no próximo dia 10 de maio, em Macaé
» Niterói segue ritmo acelerado graças ao dinheiro do petróleo
» Petróleo opera perto da estabilidade, de olho em possível novo acordo da Opep
» Palestra online 'Procurando Emprego? O que você precisa saber para ter sucesso', será exibida 10 de Maio'
veja mais notícias »

Fornecedores
Fornecedores - Para consultar ou anunciar, clique aqui, de R$240,00 por apenas R$99,90 ao ano, e disponibilize informações sobre seus produtos e serviços para o maior mercado de Petróleo e Gas do país: a Bacia de Campos.

Siga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no TwitterSiga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no Twitter.


Curta nossa página no Facebook

Política de Privacidade | Privacy policy | Publicidade | ContatoDesenvolvido pela SYS Computing