Click Macaé
ClickMacaé.com.br
ClickMacaé.com.br

» A Bacia de Campos

» O Cenário Offshore

» Petróleo e Gás

» Empregos

» Cursos> Fornecedores Offshore> Shopping

» Informações> História do Petróleo> A História no Brasil> A Atividade Offshore no Brasil> As Crises do Petróleo> As Plataformas da Bacia de Campos> A Bacia de Campos em Números> As Reservas da Petrobras> Lei do Petróleo> Licenciamento Ambiental> Marco Regulatório> Petrobras no mundo> Pré-sal> Sobre o Petróleo> Sobre o Gás

» Empregos> Buscar Profissionais para Minha Empresa> Buscar Vaga de Emprego na Área

» Glossário> Terminologia Naval> Terminologia Offshore> Terminologia Offshore Comercial> Glossário e Abreviações

Sampling Treinamentos Curso 24 Horas

Petrobras é multada em R$ 47,8 milhões por explosão no FPSO Cidade de São Mateus

16 de fevereiro de 2017

A Petrobras vai desembolsar R$ 47,8 milhões como punição pelo trágico acidente com o FPSO Cidade de São Mateus, há dois anos, no offshore do Espírito Santo. Foram nove mortes e dezenas de feridos na explosão no navio-plataforma operado pela norueguesa BW Offshore.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP) informou ao Petronotícias, o processo de aplicação de penalidades foi devidamente concluído e a Petrobras foi intimada, em dezembro, da decisão de 1ª instância administrativa. A multa inicial seria de R$ 68,3 milhões. Mas como a estatal optou por não recorrer da decisão, obteve um desconto de 30% de desconto, conforme previsto na Lei nº 9.847/99.

A BW Offshore anunciou recentemente que chegou a um consenso com seguradoras para um acordo do custo de reparo antecipado da unidade, no valor de aproximadamente US$ 250 milhões.

Leia na íntegra a nota da ANP:

“O processo de aplicação de penalidades foi devidamente concluído. A Petrobras foi intimada, em 23/12/2016, da decisão de 1ª instância administrativa sobre a multa de R$68.350.000,00 referente à 50 infrações identificadas durante o processo de investigação do incidente realizado pela equipe da ANP. A operadora optou por não recorrer da decisão e efetuar o pagamento da multa com 30% de desconto conforme previsto no parágrafo 3º do artigo 4º da Lei nº 9.847/99. Assim, a Petrobras pagou em 09/01/2017 o valor de R$ 47.845.000,00 referente à multa aplicada e o processo foi arquivado.

Uma cópia da decisão administrativa foi encaminhada ao Ministério Público.”

Fonte: Petronotícias

Últimas Notícias
» S&P: Brasil deveria fazer precificação de mercado para petróleo local
» O petróleo de xisto pode mudar o mundo. Entenda o porquê
» Petrobras aumenta em 1% os investimentos para plano 2017-2021
» Política de conteúdo local deve premiar em vez de punir petroleiras, diz Parente
» Statoil pretende continuar investindo em campos do pré-sal no Brasil
» Petrobras mira custos de extração de óleo e gás abaixo de US$10/barril
» Shell tem expectativa de que isenção de conteúdo local seja concedida
» Macaé se destaca em torneio nacional de robótica
» TST suspende julgamento de ação que pode causar prejuízo bilionário à Petrobras
» Falta de licença atrasa plataforma no maior campo de petróleo do Brasil
veja mais notícias »

Fornecedores
Fornecedores - Para consultar ou anunciar, clique aqui, de R$240,00 por apenas R$99,90 ao ano, e disponibilize informações sobre seus produtos e serviços para o maior mercado de Petróleo e Gas do país: a Bacia de Campos.

Siga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no TwitterSiga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no Twitter.


Curta nossa página no Facebook

Política de Privacidade | Privacy policy | Publicidade | ContatoDesenvolvido pela SYS Computing