Click Macaé
ClickMacaé.com.br
ClickMacaé.com.br

» A Bacia de Campos

» O Cenário Offshore

» Petróleo e Gás

» Empregos

» Cursos> Fornecedores Offshore> Shopping

» Informações> História do Petróleo> A História no Brasil> A Atividade Offshore no Brasil> As Crises do Petróleo> As Plataformas da Bacia de Campos> A Bacia de Campos em Números> As Reservas da Petrobras> Lei do Petróleo> Licenciamento Ambiental> Marco Regulatório> Petrobras no mundo> Pré-sal> Sobre o Petróleo> Sobre o Gás

» Empregos> Buscar Profissionais para Minha Empresa> Buscar Vaga de Emprego na Área

» Glossário> Terminologia Naval> Terminologia Offshore> Terminologia Offshore Comercial> Glossário e Abreviações

Sampling Treinamentos Curso 24 Horas

Ministro russo diz que pacto global da Opep tem funcionado e não exige novas medidas

7 de julho de 2017

O ministro de Energia da Rússia, Alexander Novak, disse que um pacto global liderado pela Opep, pela Rússia e por outros produtores para cortar a produção de petróleo reduziu a volatilidade nos preços e enxugou os enormes estoques, descartando a necessidade de novas medidas imediatas para elevar as cotações.

O ministro também disse à Reuters que há potencial para uma alta dos preços ante os atuais níveis, e que entre 50 e 60 dólares seria um valor "justo" para o barril, após o Brent, referência para o mercado, cair 20 por cento no primeiro semestre. O Brent tem sido negociado, agora, a cerca de 48 dólares.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e outros produtores acertaram um acordo para reduzir produção em quase 1,8 milhão de barris por dia a partir de janeiro deste ano, e o pacto deve ir até março de 2018.


Apesar da iniciativa, os preços do petróleo tiveram a maior queda no primeiro semestre em quase duas décadas, o que levou analistas de mercado a sugerir que os países da Opep, a Rússia e seus aliados deveriam implementar medidas adicionais, como ampliar os cortes ou prorrogá-los para além de março.

"Acreditamos ser necessário que os movimentos sigam dentro dos termos já acordados, e que decisões novas ou repentinas não são necessárias", disse Novak em uma entrevista em Moscou.

"Eu acho que as decisões tomadas foram as corretas", disse, adicionando que quaisquer medidas adicionais podem criar "caos" e ser mal compreendidas pelo mercado.

Fonte: Reuters

Últimas Notícias
» Bolsas avançam impulsionadas por resultados de empresas de energia e automotivas
» Wilson Sons Estaleiros entrega rebocador SST Aimoré
» Petrobras paralisa uma unidade de hidrotratamento do diesel S-10 da Replan
» Chevron e ExxonMobil sugerem mudanças em edital de rodadas do pré-sal
» Prumo prevê começar construção de térmica no Açu no início de 2018, diz CEO
» CNPE altera oferta de áreas nas licitações de blocos de petróleo em 2018 e 2019
» OTC Brasil: comitê discute retomada e o petróleo como grande caminho
» Demanda global por petróleo pode atingir pico em 2024, diz Goldman Sachs
» Estaleiro Atlântico Sul espera obter carência de dívida para ganhar fôlego financeiro
» Porto do Açu assina contrato de parceria com Porto de Antuérpia Internacional
veja mais notícias »

Fornecedores
Fornecedores - Para consultar ou anunciar, clique aqui, de R$240,00 por apenas R$99,90 ao ano, e disponibilize informações sobre seus produtos e serviços para o maior mercado de Petróleo e Gas do país: a Bacia de Campos.

Siga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no TwitterSiga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no Twitter.


Curta nossa página no Facebook

Política de Privacidade | Privacy policy | Publicidade | ContatoDesenvolvido pela SYS Computing