Click Macaé
ClickMacaé.com.br
ClickMacaé.com.br

» A Bacia de Campos

» O Cenário Offshore

» Petróleo e Gás

» Empregos

» Cursos> Fornecedores Offshore> Shopping

» Informações> História do Petróleo> A História no Brasil> A Atividade Offshore no Brasil> As Crises do Petróleo> As Plataformas da Bacia de Campos> A Bacia de Campos em Números> As Reservas da Petrobras> Lei do Petróleo> Licenciamento Ambiental> Marco Regulatório> Petrobras no mundo> Pré-sal> Sobre o Petróleo> Sobre o Gás

» Empregos> Buscar Profissionais para Minha Empresa> Buscar Vaga de Emprego na Área

» Glossário> Terminologia Naval> Terminologia Offshore> Terminologia Offshore Comercial> Glossário e Abreviações

Sampling Treinamentos Curso 24 Horas

Petrobras vê custo no pré-sal abaixo de US$7/barril e atrasos em plataformas

12 de agosto de 2017

A Petrobras reduziu o custo de extração no pré-sal para menos de 7 dólares por barril no primeiro semestre deste ano, cerca de metade do visto há cerca de três anos, devido à alta produtividade da região e também à melhoria da eficiência, disse na quinta-feira, 10/08, a diretora de Exploração e Produção da empresa, Solange Guedes.

O custo no pré-sal é inferior à média registrada no custo de extração de toda a produção da empresa, no Brasil e no exterior, que somou 10,8 dólares por barril, afirmou ela, o que dá fôlego para a empresa enfrentar um cenário de preços fracos da commodity.

Em 2016, a empresa informou que o custo de extração no pré-sal era de 8 dólares por barril.

"(Isso) mostra como dentro do conjunto do portfólio (o pré-sal) é muito mais competitivo, e fazemos alocações de investimentos levando em consideração isso", afirmou ela, em coletiva de imprensa sobre os resultados da empresa no segundo trimestre.

O pré-sal tem ganhado cada vez mais importância na produção brasileira. Em junho, a extração de petróleo na região superou o pós-sal, segundo a reguladora ANP.

"No ano de 2014, o custo (no pré-sal) já chegou ao dobro disso, a 14 dólares por barril", ressaltou a diretora.

A executiva disse que, apesar do atraso no início da operação de algumas plataformas, a meta de produção para 2017, de 2,07 milhões de barris de petróleo por dia, está mantida.

ATRASOS EM PLATAFORMAS

Durante a coletiva, a diretora explicou que apenas duas das quatro plataformas previstas para este ano vão de fato entrar em operação, enquanto outras duas ficarão para o ano que vem.

Até o momento, somente uma plataforma nova iniciou produção, que foi a P-66, no campo de Lula Sul, na Bacia de Santos.

A próxima será a plataforma de Teste de Longa Duração (TLD) da promissora área de Libra, no pré-sal da Bacia de Santos. Anteriormente, ela estava prevista para iniciar a produção em julho, e agora entrará ainda no terceiro trimestre.

A licença ambiental da plataforma já foi concedida e a unidade agora aguarda a conexão do primeiro poço para produção.

Já a P-67, também para o campo de Lula, e a plataforma Cidade de Campos dos Goytacazes, para o campo de Tartaruga Verde e Mestiça, ficaram para 2018. Ela não explicou o motivo do atraso.

Fonte: Reuters

Últimas Notícias
» Moody’s melhora classificação de risco da Petrobras
» PetroRio pede à ANP redução de royalties pagos sobre o campo de Polvo
» Wilson Sons Estaleiros entrega rebocador SST-Aruá
» Macaé vai participar da Olimpíada Brasileira de Robótica
» Petrobras frusta 19 empresas e não revela preços da licitação de manutenção de 25 plataformas
» Leilões do pré-sal vão gerar mais de R$ 100 bilhões em investimentos e 500 mil empregos
» ACIM Macaé homenageia empresário com Medalha Lacerda Agostinho
» STJ encerra conflito entre ANP e Petrobras
» Consumo mundial de petróleo vai crescer em 2018
» Petrobras diz que tomará medidas judiciais para manter venda de ativos à Total
veja mais notícias »

Fornecedores
Fornecedores - Para consultar ou anunciar, clique aqui, de R$240,00 por apenas R$99,90 ao ano, e disponibilize informações sobre seus produtos e serviços para o maior mercado de Petróleo e Gas do país: a Bacia de Campos.

Siga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no TwitterSiga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no Twitter.


Curta nossa página no Facebook

Política de Privacidade | Privacy policy | Publicidade | ContatoDesenvolvido pela SYS Computing