Click Macaé
ClickMacaé.com.br
ClickMacaé.com.br

» A Bacia de Campos

» O Cenário Offshore

» Petróleo e Gás

» Empregos

» Cursos> Fornecedores Offshore> Shopping

» Informações> História do Petróleo> A História no Brasil> A Atividade Offshore no Brasil> As Crises do Petróleo> As Plataformas da Bacia de Campos> A Bacia de Campos em Números> As Reservas da Petrobras> Lei do Petróleo> Licenciamento Ambiental> Marco Regulatório> Petrobras no mundo> Pré-sal> Sobre o Petróleo> Sobre o Gás

» Empregos> Buscar Profissionais para Minha Empresa> Buscar Vaga de Emprego na Área

» Glossário> Terminologia Naval> Terminologia Offshore> Terminologia Offshore Comercial> Glossário e Abreviações

Sampling Treinamentos Curso 24 Horas

México culpa Brasil por fracasso de leilão de petróleo em água profunda

11 de dezembro de 2017

A petroleira estatal mexicana Pemex colocou a culpa do cancelamento de um projeto de águas profundas sobre o fraco apetite de investidores devido à concorrência dos recentes leilões no Brasil e aos baixos preços do petróleo.

O órgão regulador de petróleo do país cancelou na quinta-feira (07/12) uma licitação para o projeto Nobilis-Maximino, uma joint venture com a Pemex, uma vez que o interesse de companhias não foi tão forte quanto o esperado inicialmente.

Na sexta-feira, a Pemex citou o leilão de blocos do pré-sal no Brasil realizado no fim de outubro como o culpado por reduzir o interesse em seu projeto –a disputa no Brasil atraiu o interesse de petroleiras como Shell e ExxonMobil.

"Um fator que afetou o apetite por novos projetos foi o compromisso de investimento assumido recentemente por possíveis ofertantes", disse a Pemex em nota. Companhias que ganharam blocos no Brasil haviam olhado dados do Nobilis-Maximino, acrescentou.

Quase 30 companhias haviam começado o processo de pré-qualificação para o leilão mexicano.

O fracasso do projeto é um retrocesso na abertura energética do México após décadas de monopólio da Pemex.

Nobilis-Maximino fica em águas profundas no golfo do México perto da fronteira marítima com os Estados Unidos no produtivo cinturão de Perdido e tem estimativas de conter reservas de cerca de 502 milhões de barris de petróleo.

Fonte: Folha SP

Últimas Notícias
» Click Macaé lança treinamento Gestão de Contrato com a Petrobras
» Petrobras paralisa produção em plataforma no campo de Lula após princípio de incêndio
» Petrobras atinge recorde de produção no Brasil pelo quarto ano consecutivo
» Cariacica tem a maior fatia de fundo com recursos dos royalties de petróleo no ES
» Engie vê como opção negócio de infraestrutura de gás da Petrobras, diz CEO
» Odebrecht Óleo e Gás agora se chama Ocyan; empresa busca sócios
» Petrobras e Total concluem a cessão de direitos das concessões de Lapa e Iara, como parte de sua Aliança Estratégica
» Petrobras já tem aval para instalar 5 das 7 plataformas previstas para 2018 no Brasil
» S&P reafirma rating da Petrobras em BB- e mantém perspectiva estável
» Petrobras consegue licença para instalar 3 plataformas em Búzios, no pré-sal de Santos
veja mais notícias »

Fornecedores
Fornecedores - Para consultar ou anunciar, clique aqui, de R$240,00 por apenas R$99,90 ao ano, e disponibilize informações sobre seus produtos e serviços para o maior mercado de Petróleo e Gas do país: a Bacia de Campos.

Siga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no TwitterSiga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no Twitter.


Curta nossa página no Facebook

Política de Privacidade | Privacy policy | Publicidade | ContatoDesenvolvido pela SYS Computing