Capacitação em Compliance (Presencial) - 06 de novembro

Vale a pena para pequenas e médias empresas investir nessa área? A resposta é sim, mesmo para aqueles empreendimentos ainda em fase inicial.

O treinamento, presencial, acontecerá nos dias 06 e 07 de novembro, em Macaé. 

Carga horária: 9 horas

Investimento: R$ 990,00 - desconto de 10%

Finalmente 32 petroleiras, sendo 18 multinacionais, estão aprovadas para o leilão de 27 de setembro, e mais dez preparando-se para o de outubro. São espetaculares as oportunidades de emprego e negócios, com o turbilhão de boas notícias. Estar preparado é sair na frente.

Pela primeira vez, o Brasil tem um calendário de rodadas de licitações. De agora até 2019, com os nove leilões previstos, há uma expectativa de investimentos de US$ 80 bilhões, mais 300 poços marítimos, mais 10 bilhões de barris recuperáveis, em torno de US$ 100 bilhões em royalties, 17 novas unidades de produção, mais 2 milhões de barris de petróleo por dia, ao longo da duração dos contratos.

Adquira conhecimento para alavancar sua empresa ou seu futuro profissional: 

Treinamento com desconto de 10%, por tempo limitado.

Matricule-se clicando no botão vermelho a direita.

Uma pesquisa da consultoria Delloitte, junto às 100 pequenas empresas de maior crescimento no Brasil, mostra que essas companhias emergentes investiram fortemente em Governança nos últimos anos.

A crescente pressão externa pela adoção de padrões éticos, que gere valor a todos os seus stakeholders (os atores envolvidos na órbita da empresa, como fornecedores, atacadistas, varejistas, funcionários, etc.) está obrigando as empresas a criar programas preventivos e de monitoramento constante, levando a empresa a prevenir com o Compliance para não remediar com o caixa.

O que é compliance?

Comply, em inglês, significa “agir em sintonia com as regras”, o que já explica um pouquinho do termo. Compliance, em termos didáticos, significa estar absolutamente em linha com normas, controles internos e externos, além de todas as políticas e diretrizes estabelecidas para o seu negócio. É a atividade de assegurar que a empresa está cumprindo à risca todas as imposições dos órgãos de regulamentação, dentro de todos os padrões exigidos de seu segmento, de maneira predominantemente ética. E isso vale para as esferas trabalhista, fiscal, contábil, financeira, ambiental, jurídica, previdenciária, ética, etc.

Uma empresa que deseja se consolidar no mercado no longo prazo deve alinhar sua função de compliance aos objetivos estratégicos, missão e visão da companhia.

Subestimar o compliance e a importância de jogar dentro das regras é o que explica, talvez, porque a taxa de mortalidade das empresas com até 5 anos de vida beira os 50% no Brasil. Menos de 20% das empresas chegam aos seus 10 anos de vida, em geral, por falta de controles internos, falhas de gestão, respeito às normas e regulamentação. 

Quais são os principais benefícios que a área de compliance pode trazer para a empresa?

Ganho de credibilidade por parte de clientes, investidores, fornecedores, etc.;

Importante ferramenta para as empresas que buscam mercados externos;

Aumento da eficiência e da qualidade dos produtos fabricados ou serviços prestados;

Melhora nos níveis de governança corporativa;

Oferece prevenção (muitas empresas só pensam em compliance quando já foram punidas por algum “desvio”, postura custosa ao caixa da organização).

Conteúdo programático do treinamento:

Os fundamentos básicos da área como sua Missão, Estrutura Organizacional recomendada (incluindo papéis e responsabilidades) e inserção no contexto do sistema de Governança Corporativa, relacionamento com outras áreas de definição de papéis;

• Apresentados os 9 Passos do Programa de Compliance, o que inclui Políticas, Planos de Comunicação e Treinamento (endomarketing) e Ambiente Regulatório. Será discutido o Código de Ética bem como relacionamento com órgãos reguladores e autorreguladores;

• Ao final serão discutidos, para análise e discussão, situações tipicamente abordadas por Compliance.

• Abertura

o Introdução/ Adaptação/Alinhamento das Expectativas

• Governança Corporativa

o Compliance na Estrutura Organizacional: missão, linha de reporte e estrutura de Compliance

o Relacionamento com as Demais Áreas da Instituição: vantagens do relacionamento, alinhamentos necessários e papéis, além de responsabilidades claras e estabelecidas

• Ambiente Regulatório

o Monitoramento Normativo e Relacionamento com os Órgãos de Regulação e Autorregulação

• Políticas e Diretrizes de Compliance

• Elaborando um Programa de Compliance

o Os nove passos para a implantação de um Programa de Compliance

o Análise SWOT

• Fórum de Discussão

• Ser um Compliance Officer

• Encerramento

Contato: 

E-mail - [email protected]

Telefones:

Macaé - 22 99717 5363 (VIVO)

Rio de Janeiro: 21 98420 2547 (OI)

Objetivo

Ganho de credibilidade por parte de clientes, investidores, fornecedores, etc., funcionando como importante ferramenta para as empresas que buscam firmar-se no mercado.

Público Alvo

Profissionais que atuem em controle interno, administradores, advogados, controllers, gestores de negócio, gerentes e os que queiram atuar em áreas relacionadas ao conteúdo do curso.

Vídeo Demonstração

Cursos Relacionados