ClickMacaé.com.br
ClickMacaé.com.br









» A Bacia de Campos> Perfil da Bacia> A Localização> As Plataformas> Os números da Bacia> Plataformas operando> Intuição do Pioneiro> Porque Campos> Como surgiu

» Petrobras> Perfurar e refinar> Sucesso no mar> A tecnologia> O futuro> Organograma

» A UN - BC> O Nome dos Campos

» Empresa Cidadã

Ela é responsável por 85% da produção nacional de petróleo

A Bacia de Campos em números:

No dia 13 de agosto de 1977 que se deu início a produção comercial de petróleo na Bacia de Campos, que atualmente é responsável por 85% da produção nacional do “ouro negro”. O poço escolhido para inaugurar a região foi o 3-EM-1-RJS, como vazão de 10 mil barris diários utilizando a plataforma semi-submersível Sedco 135-D.

Os trabalhos, no entanto, começaram em 1971, na exploração de sete primeiros poços perfurados, considerados secos. Dois anos depois, em 1973, começou a perfuração do poço 1-RJS-7, em lâmina d’água de 110 metros. O poço era considerado difícil e a intenção era chegar aos 3.500 metros de profundidade e alcançar a Formação Macaé, composta de rochas calcárias – um tipo de rocha que produz grandes quantidades de petróleo.
Outras descobertas foram feitas na Bacia de Campos, como o Campo de Garoupa (1974), que começou a produzir apenas em 1979. Depois vieram os Campos de Namorado, Enchova e, posteriormente, Pampo, Badejo, Bonito, Linguado, Bicudo e Corvina, dentro outros.

As conquistas deram continuidade ao longo dos anos quando, em abril de 2006, o Brasil venceu mais um desafio: a auto-suficiência em petróleo com a plataforma P-50, localizada na Bacia de Campos.

Dados da Bacia de Campos

Área – A área sedimentar, conhecida pelo nome de Bacia de Campos, tem cerca de 100 mil quilômetros quadrados, abrangendo uma área terrestre e marítima que se estende do estado do Espírito Santo (próximo a Vitória) até Arraial do Cabo, no litoral norte do Estado do Rio de Janeiro.

Força trabalho direta: 50 mil pessoas

Confira alguns números da Bacia de Campos::

  • Seu descobrimento: Ocorreu em 1974 (poço 1-RJS-9A) - GAROUPA
  • Pessoas Embarcadas  - 48.829
  • Pib do município  de Macaé-  R$ 11 mil per capita/ano

Produção da UN-BC

  • Total de Plataformas de produção – 33, sendo 31 de produção e 2 de armazenamento
  • Poços perfurados – 2.203
  • Dutos – 3682 e quantitativo em metros  3.919.743
  • Produção de Petróleo + LGN – 811.516 (bdp) barris por dia (dados de 2006)
  • Produção de Gás Associado e não Associado  – 11.943 mil metros cúbicos por
    dia (dados de 2006)
  • Geração Média de Energia nas plataformas – 645 megawatts

Transportes

  • Pessoas transportadas por mês – 49.763 (Dez 2006)
  • Embarcações de apoio - 124
  • Vôos de Helicópteros – 2.343 vôos (janeiro/2007)
  • Número de Helicópteros da Petrobras- 48
  • Toneladas Transportadas por mês – 213.056

Cidades que compõem a Bacia de Campos

Saiba de algumas características

  • Campos- O município de Campos dos Goytacazes, tem vocação para atividades agrícolas, agropecuárias e  atividades industriais, principalmente com a instalação do pólo petroquímico na cidade.
  • Carapebus- A cidade de Carapebus tem vocação para o setor agrícola, no entanto, possui belas praias e um patrimônio histórico riquíssimo, movimentando o segmento turístico no local.
  • Macaé- Conhecida internacionalmente como a “Capital do Petróleo”, o petróleo é maior força econômica de Macaé. Nos próximos dois anos, a meta é da Petrobras é produzir 2 milhões e 200 mil barris de óleo por dia. Até 2010, a Petrobras vai investir US$ 25,7 bilhões na Bacia de Campos, o equivalente a 80% dos recursos da empresa em Exploração e Produção para todo o país. O município tem a maior taxa de criação de novos postos de trabalho do interior do estado, de acordo com pesquisa feita pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan): 13,2% ao ano.
  • Quissamã- Quissamã é um município historicamente agrícola, tendo na cana-de-açúcar uma importante atividade econômica, principalmente até o início da década de 90. Hoje a diversificação de culturas, incentivada pela prefeitura, tem modificado esta realidade, sendo o cultivo do coco uma atividade em franco crescimento.
  • Rio das Ostras-  O grande atrativo do município é sem dúvida as belas praias, que movimentam o turismo. Mas, além disso, a cidade possui a Zona de Negócios (Zen) que trouxe várias empresas para o local.
  • Búzios- Conhecida como o Balneário mais charmoso do mundo pelas suas belas praias. Foi este o vilarejo encontrado por Brigitte Bardot quando, no início dos anos 60, chegou a Búzios. Encantada com a localidade estendeu sua permanência, despertando a atenção mundial para a região, que entrou na agenda do turismo internacional como um lugar simples, porém sofisticado.
  • Arraial do Cabo- Paraíso do Atlântico, como é chamada por seus habitantes, Arraial do Cabo reúne algumas das mais belas paisagens de nosso litoral: dunas, restingas, lagoas, praias e costões paradisíacos. Toda esta natureza, junto com o jeito simples de seu povo, sua arquitetura e tamanho de cidade do interior, a apenas 140 km do Rio de Janeiro, fazem desta cidade um convite ao turista. Mas para os mergulhadores Arraial revela um tesouro: seu fundo do mar.
  • Cabo Frio- O município tem vocação turística, e é conhecido pelas suas belas praias que ficam movimentadas principalmente na alta temporada do verão. Além do turismo, a cidade de Cabo Frio possui uma indústria do pescado forte e é produtora de sal, com as suas famosas salinas.
  • Casimiro de Abreu- Terra do poeta Casimiro de Abreu. O município além de ter um turismo forte com atrações turísticas, como as praias de Barra de São João, prédios históricos, tem vocação também para a produção de peixes na região, plantio de mudas e agricultura.
  • Conceição de Macabu- Conceição de Macabu é um município historicamente agrícola, e a sua principal atividade econômica continua sendo a agropecuária. Grande parte dos produtos cultivados abastece o mercado do Rio de Janeiro. Outro grande potencial econômico é o turismo, que está em fase de desenvolvimento. O município possui cinco hotéis, pousadas e belas cachoeiras de águas limpas além do patrimônio histórico, como a antiga estação ferroviária, o que levará esta atividade a ter, em pouco tempo, uma grande importância conômica.                                                                                                            
  • São Francisco do Itabapoana- O município possui como principal atividade econômica a agropecuária. No entanto, nos últimos quatro anos e meio, o setor de turismo vem se fortalecendo com os projetos e eventos realizados na cidade.
  • São João da Barra- O município tem como principal atividade o turismo. Com belas praias que são procuradas durante o ano todo, o município também para atrair mais turistas, possui um calendário fixo de eventos, garantindo muito lazer para os moradores e visitantes.
  • São Pedro da Aldeia- A cidade de São Pedro da Aldeia tem como principais atividades, o comércio, turismo, onde se destaca a Casa da Fflor, localizada  no alto de um outeiro, com uma escadaria de pedras irregulares, e vários jarros de fores petrificadas, cujas pétalas são formadas por cacos de pratos marcando os níveis da escada. Além das sua belíssimas praias.

Fonte: Petrobras

viagra pills in zimbabwe
generic levitra legal
Política de Privacidade | Privacy policy | Publicidade | Contato
Desenvolvido pela SYS Computing