Click Macaé
ClickMacaé.com.br
ClickMacaé.com.br

» A Bacia de Campos

» O Cenário Offshore

» Petróleo e Gás

» Empregos

» Cursos> Fornecedores Offshore> Shopping

» Informações> História do Petróleo> A História no Brasil> A Atividade Offshore no Brasil> As Crises do Petróleo> As Plataformas da Bacia de Campos> A Bacia de Campos em Números> As Reservas da Petrobras> Lei do Petróleo> Licenciamento Ambiental> Marco Regulatório> Petrobras no mundo> Pré-sal> Sobre o Petróleo> Sobre o Gás

» Empregos> Buscar Profissionais para Minha Empresa> Buscar Vaga de Emprego na Área

» Glossário> Terminologia Naval> Terminologia Offshore> Terminologia Offshore Comercial> Glossário e Abreviações

Sampling Treinamentos Curso 24 Horas

Mudança ministerial pode até favorecer a Petrobras, diz Parente

11 de abril de 2018

Presidente da Petrobras ainda salientou que Moreira Franco foi uma "boa escolha" por parte de Temer

Petrobras: Pedro Parente, presidente da empresa avaliou que a Petrobras pode até ser favorecida nas discussões com o governo federal sobre renegociação do contrato da cessão onerosa (Pilar Olivares/Reuters)

As mudanças em ministérios importantes, em meio à saída de ministros para concorrer às eleições, não devem impactar o setor de óleo e gás, e as políticas estabelecidas previamente devem ter continuidade, disse o presidente da Petrobras, Pedro Parente, na terça-feira, 10/04.

Ele avaliou ainda, em entrevista a jornalistas em Londres, que a Petrobras pode até ser favorecida nas discussões com o governo federal sobre renegociação do contrato da cessão onerosa.

Com a renegociação do contrato que deu à Petrobras o direito de produzir 5 bilhões de barris de óleo equivalente em áreas do pré-sal, a empresa poderá ser credora do governo, após ter pago em 2010 à União 74,8 bilhões de reais.

“Olhem as mudanças que tivemos, no Ministério da Fazenda Eduardo Guardia é o ministro agora e ele estava liderando as negociações pelo governo sobre cessão onerosa…”, afirmou Parente.

“Não vejo que teremos nenhum problema para a discussão da cessão onerosa… Na minha visão, pode até melhorar as garantias de que terminaremos dentro do cronograma estabelecido”, acrescentou ele, sem comentar prazos.

Ele disse ainda que Moreira Franco, que deve assumir o Ministério de Minas e Energia, também tem conhecimento das discussões.

“Foi uma boa escolha, ele (Moreira Franco) sabe o que está acontecendo e é próximo do presidente (Michel Temer). Para o setor, vai continuar o que estava acontecendo sob a liderança de (Fernando) Coelho Filho”, ressaltou Parente, de acordo com áudio distribuído pela assessoria de imprensa da Petrobras.

Ele salientou ainda que outras políticas para o setor, como a realização de leilões de áreas exploratórias, estão garantidas.

“Não vejo mudanças para o setor… Neste ano vamos ter um leilão, o segundo pode ser decidido em breve, e podemos ter um terceiro que pode estar relacionado à cessão onerosa (áreas do excedente aos 5 bilhões). Devemos ter uma boa continuidade.”

IMPORTANTE SABER:

Há mais de um ano a Petrobras vem trabalhando na adaptação de suas regras e na mudança do Petronect, seu sistema de contratação. O novo Petronect mexerá não só com os fornecedores de bens e serviços, mas também com as petroleiras que mantêm contratos de parceria com a Petrobras.
Matricule-se no link ao lado: https://lnkd.in/dRe78xt

Fonte: Reuters

Últimas Notícias
» Trump alerta Opep que preços de petróleo altos não serão aceitos
» Indústria naval do Brasil aguarda MP de apoio à Marinha para tomar fôlego
» Como fazer parte do mercado de trabalho do setor de petróleo e gás
» Petrobras inicia produção do campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos
» Emprego formal cresce na região Norte Fluminense em março
» Petrobras quer ficar fora da Lei das Estatais
» Petrobras avalia parceria e venda de controle de 4 refinarias
» Petróleo chega ao nível mais alto em três anos
» Petrobras libera UTC, mas ainda mantém 17 em bloqueio
» P-74 recebe licença do Ibama para começar a produzir
veja mais notícias »

Fornecedores
Fornecedores - Para consultar ou anunciar, clique aqui, de R$240,00 por apenas R$99,90 ao ano, e disponibilize informações sobre seus produtos e serviços para o maior mercado de Petróleo e Gas do país: a Bacia de Campos.

Siga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no TwitterSiga as últimas novidades do ClickMacaé diretamente no Twitter.


Curta nossa página no Facebook

Política de Privacidade | Privacy policy | Publicidade | ContatoDesenvolvido pela SYS Computing