ClickMacaé.com.br
ClickMacaé.com.br

» Notícias Principal> Campos> Quissamã> Eventos> Petróleo e Gás

Dia Internacional da Mulher acontece na Veríssimo de Melo

Em Macaé, o Dia Internacional da Mulher foi comemorado com muitas atividades, que movimentaram a Praça Verissímo de Melo durante todo o dia. A abertura oficial contou com a presença da primeira dama, Márcia Moraes, do vice-prefeito, Carlos Augusto de Paula, sua esposa, Rosana Miranda e da coordenadora dos Direitos da Mulher, Vânia Deveza.

Durante a solenidade, foi feita a posse dos novos membros do Conselho dos Direitos da Mulher (CONDIM). Representanto o prefeito Riverton Mussi, que está em Brasília, o vice-prefeito Carlos Augusto de Paula lembrou a frase do senador Nelson Carneiro que costumava dizer “Quem não tem uma grande mulher”. De Brasília, o prefeito enviou mensagem parabenizando todas as mulheres pelo seu dia. Na mensagem o prefeito destacou a importância cada vez maior do papel da mulher na sociedade e afirmou ainda que o atendimento à mulher em todas as áreas é uma das prioridades de seu governo.

A primeira dama lembrou que a data foi escolhida diante de uma tragédia em que morreram queimadas 127 mulheres que reivindicavam seus direitos trabalhistas, em 1857. “O mais importante que diante de tantas atribuições do dia a dia, a mulher nunca deve perder sua essência”, disse. A coordenadora Vânia Deveza ressaltou que a Coordenadora dos Direito da Mulher foi criada pelo prefeito para propor, coordenar e acompanhar todas as ações que estarão sendo realizadas para as mulheres macaenses.

Ações – As atividades promovidas pela Coordenadoria dos Direitos da Mulher em parceria com todas as Secretarias atraíram centenas de mulheres de todas as idades e contaram também com a participação e entusiasmo dos homens. Para promover a auto-estima da mulher, fazendo com que ela confie mais em si mesma, busque a satisfação na vida, tenha e use um tempo para lazer e cuidados com o corpo, foram disponibilizados serviços como manicure, cabeleireiro, depilação, limpeza, ginástica, massagem, dança e teatro.

Outras ações também foram promovidas, como aulas de pintura em tecido, verificação de pressão arterial, teste de glicemia, orientação e incentivo ao aleitamento materno, fotografias para documentos, entre outros. A dona de casa Euzira Seixas, 78 anos, foi uma das que participaram do evento. “Aos poucos a mulher conquistou sua liberdade. Antes, não podíamos podia tomar algumas atitudes que diziam ser coisas de homem. Hoje isso mudou e homens e mulheres tem o mesmo espaço”.

Fonte: Secom
Fotos: Michel Oliveira

Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005
Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005
Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005
Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005
Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005
Dia Internacional da Mulher em 2005Dia Internacional da Mulher em 2005  

Política de Privacidade | Privacy policy | Publicidade | ContatoDesenvolvido pela SYS Computing